Ao longo dos quatros anos da faculdade de educação física, o aluno terá contato com diferentes disciplinas que o deixarão preparado para ser um excelente profissional de educação física ou professor de educação física.

E além de realizar um curso de educação física, seja educação fisica ead ou presencial, para que o profissional execute um bom trabalho de educação física será necessário estar em constante atualização, realizando diferentes cursos na área da educação.

Matérias do curso de educação física

A graduação ou licenciatura em educação física tem duração de quatro anos e o curso é dividido em oito semestres. Nos quatro primeiros períodos as disciplinas são História da Educação; Prática Textual em Língua Portuguesa; Formação Docente para a Diversidade; Filosofia da Educação; Libras – Língua Brasileira de Sinais; Sociologia da Educação; Introdução à Educação Física; Psicologia da Educação; Políticas Educacionais e Organização da Educação Básica; Didática; Educação Ambiental e Cidadania; Fundamentos de Citologia e Histologia; Atividade Integradora; Currículo e Planejamento da Educação Básica; Fundamentos da Educação Inclusiva; Educação e Ludicidade; Anatomia e Fisiologia Humanas; Recreação e Lazer; Fisiologia do Exercício e do Esporte; Metodologia da Educação Física Escolar; Metodologia do Ensino de Ginástica; Metodologia do Ensino de Atletismo; Direitos Humanos e relações Étnico-Raciais; Psicomotricidade no Contexto Escolar; e Atividade Integradora II.

Por outro lado, nos quatro semestres finais, há matérias de Metodologia do Ensino de Voleibol; Jogos, Brinquedos e Brincadeiras na Educação Física; Estágio Supervisionado I; Prevenção de Acidentes e Socorros de Urgência no Ambiente Escolar; Transversalidade na Educação; Metodologia do Ensino de Futebol e Futsal; Metodologia do Ensino de Lutas; Metodologia do Ensino de Basquetebol; Promoção da Saúde na Escola; Avaliação da Aprendizagem; Atividade Integradora III; Metodologia do Ensino de Handebol; Metodologia do Ensino de Atividades Aquáticas; Estágio Supervisionado II; Gestão Educacional; Direitos Educacionais de Crianças e Adolescentes; Atividades Rítmicas e Dança; Métodos e Técnicas de Pesquisa; Tópicos Especiais; Trabalho de Conclusão de Curso – TCC; Educação Física Adaptada e 200 horas de Atividades complementares (que podem ser realizadas a partir do início do curso).

E ainda, além da grade curricular descrita anteriormente, é necessário cumprir também as Atividades Formativas, para refletir sobre as disciplinas já vistas e também cumprir um Estágio Supervisionado, onde serão relacionados os conteúdos aprendidos com a prática da futura profissão.

A importância da educação física na atualidade

Conforme mencionamos anteriormente, a educação física exige que o profissional esteja em constante expansão, sempre se atualizando para atender as pessoas da melhor maneira possível. Cada vez mais na sociedade atual existe a preocupação em manter uma boa saúde, tanto física como mental. E, manter um bom condicionamento físico com toda a certeza contribuirá muito para a saúde do corpo e da mente. A prática de atividades físicas regulares é de suma importância em qualquer faixa etária.

Ao praticar uma atividade física as pessoas podem inclusive prevenir doenças, como por exemplo, problemas cardíacos, obesidade, diabetes e até mesmo câncer. Um profissional de educação física é fundamental para orientar corretamente sobre as atividades que podem ser executadas. Com a educação física, além da melhora na saúde do corpo, também é possível notar mudanças para melhor tanto no humor como na autoestima. Praticar corrida, caminhada, natação, entre outras atividades com toda a certeza contribuirá para diminuir as chances de aparecerem transtornos mentais, como por exemplo a depressão e a ansiedade.

Praticar uma atividade física com regularidade proporciona sensação de bem-estar e relaxamento. Cada vez que uma pessoa realiza um exercício corporal, há liberação de endorfina, que é uma substância natural produzida pelo cérebro durante e após essa prática. Conhecida também como o hormônio da alegria, a endorfina ajuda muito na redução do estresse e da ansiedade, características que infelizmente estão cada vez mais presentes na sociedade atual.

A Organização Mundial da Saúde recomenda que sejam praticados pelo menos 150 minutos de atividade com intensidade moderado por semana, isto apenas para o combate ao sedentarismo. E ainda, você pode dividir essa prática em períodos de apenas 30 minutos de exercícios físicos durante de segunda a sexta-feira. Mas, lembre-se que no caso de pessoas sedentárias, elas devem começar devagar e ir aumentando o ritmo na medida em que forem melhorando o condicionamento. Por esse motivo, o profissional que se forma em educação  física é tão importante na sociedade, auxiliando e motivando as pessoas a terem uma melhor qualidade de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *